Polêmica: proposta de vereador de Búzios provoca indignação de ambientalistas

Uma indicação que será apresentada na sessão de hoje (29/08) na Câmara Municpal de Armação dos Búzios está causando polêmica e gerando indignação nas redes sociais.

Militantes e defensores das causas ambientais não veem com bons olhos a indicação  do vereador Niltinho solicitando ao prefeito André Granado a construção de um  calçadão na orla da Praia de Tucuns.

De acordo com Anna Bina, ambientalista do Movimento SOS PECSOL Buzios “A área é de preservação ambiental permanente, porque é integrada por dunas frontais, vegetação de restinga e espécies endêmicas de fauna e flora, como a ave ameaçada Formicivora Littoralis, o Lagarto Liolaemus Lutzae, a Aroeira vermelha, a Pimenteira da praia entre outros.

A faixa de areia é protegida pela legislação federal. A costa da Praia de Tucuns faz parte da borda do PECSOL. Além disso, a Professora e Geóloga Katia Mansur/UFRJ adverte ainda que a costa da Praia de Tucuns está sujeita a altas ondas e há possibilidade de inundação da planície caso as dunas sejam  aterradas .”

Ainda de acordo com Anna, “Os estudos do Geomorfólogo do LAGEF da UFF, Guilherme Fernandez, revelaram que a provisão de sedimentos (areia) que chegam à costa da Praia de Tucuns é enorme, porque as dunas existem não apenas na parte continental, mas continuam na parte marinha. Possivelmente os empreendimentos ali realizados  serão soterrados, assim como o calçadão do vereador. Vide o que sucedeu com o Hotel Breezes, atual Blue Tree, que tem sua cerca de eucalipto e a área comum soterradas dia após dia. Além disso, a área registra uma crescente falta de segurança e um calçadão será um prato cheio para assaltantes.”

Hoje, mesmo dia da indicação na Câmara, aconteceu às 8:30h da manhã , a primeira reunião da nova gestão do Conselho de Meio Ambiente de Búzios e a indicação do vereador foi uma das pautas.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someoneShare on TumblrShare on LinkedIn

4 Comments on “Polêmica: proposta de vereador de Búzios provoca indignação de ambientalistas”

  1. É pobre em conhecimento o vereador, por tais motivo fez esta malsinada indicação. De início o aconselho o mesmo e aos demais vereadores que analisaram a proposta a lerem o teor desta Lei e seu Decreto.

    DECRETO Nº 5.300 DE 7 DE DEZEMBRO DE 2004.

    Lei no 7.661, de 1988
    Regulamenta a Lei no 7.661, de 16 de maio de 1988, que institui o Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro – PNGC, dispõe sobre regras de uso e ocupação da zona costeira e estabelece critérios de gestão da orla marítima, e dá outras providências.
    DECRETO Nº 5.300 DE 7 DE DEZEMBRO DE 2004.

    MANOEL EDUARDO DA SILVA – PRESIDENTE DA APARLI BÚZIOS.

  2. Informo que o Vereador Niltinho de Beloca esteve na reunião do Conselho de Meio Ambiente, atendendo o convite do Secretário Cassio Oliveira, recebeu democraticamente muitas sugestões e prometeu retirar a indicação para incorporar as novas idéias.Parabéns vereador!
    Denise Morand(conselheira do CMMA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *